Calendar

set
25
ter
Dom Casmurro @Teatro Polytheama
set 25@09:30

DOM CASMURRO – TEATRO POLYTHEAMA – 9h30 e 20h00

A Cia Realce traz de volta a Jundiaí a peça que é baseada em um dos maiores sucessos do escritor Machado de Assis: “DOM CASMURRO”.Esta adaptação de Rick Von Dentz, responsável também pela direção, é uma montagem bastante fiel a um dos mais consagrados romances da literatura brasileira. Numa linha dinâmica e objetiva, enfoca com sutileza todos os conflitos da envolvente história de amor de Bentinho e Capitu, ocorrida no Rio de Janeiro no final do século XIX. A Cia realce é a mesma de “Memórias de Um Sargento de Milícias” e “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, ambas peças também com direção de Rick Von Dentz.

Comentários sobre a obra e o autor: Dom Casmurro pode ser considerado como uma análise profunda do ciúme. O protagonista Bentinho é também o narrador, e é ele quem informa ao leitor que Capitu o traía. Mas só se conhece a sua versão, e o adultério da jovem fica pairando no ar, mais uma dúvida machadiana. Na verdade pouco importa se a traição existiu ou se foi imaginação de Bentinho. O importante como dizem alguns estudiosos, é que a vida do herói se modifica profundamente, após a convicção de ter sido traído.

 

FICHA TÉCNICA

  • Adaptação e direção: Rick Von Dentz
  • Elenco: Augusto Valente, Rogério Oliveira, Thaís Carvalho, Lia Campos e Du Kammargo.
  • Produção geral: Iraci Batista

INFORMAÇÕES

  • Data: 25 de Setembro
  • Local: Teatro Polytheama
  • Horários: 9h30 e 20h00
  • Valores: R$ 50,00 (inteira) / R$ 25,00 (meia entrada) / R$ 18,00 (pacote escolar)*

Grupo de alunos com pacote escolar também pagam R$ 18,00 mediante reserva antecipada com a produção.

A Cigarra e a Formiga @Teatro Polytheama
set 25@14:30

A CIGARRA E A FORMIGA – NAS GARRAS DO SENHOR GIGANTE

Mais uma vez em Jundiai, a Cia Realce traz aos palcos do Teatro Polytheama a adaptação do clássico infantil A Cigarra e a Formiga. Esta adaptação da fábula de La Fontaine traz um terceiro personagem, um homem, tido como um gigante pelos bichinhos, por ser perigoso e ameaçador para suas espécies. A consagrada provocação entre a cigarra e a formiga, uma porque canta o tempo todo e a outra porque só quer saber de trabalhar, acontece com mais humor e agilidade em cena, graças a interferência do gigante que as assusta o tempo todo, mas que também se comove com o cantar da cigarra e sofre com as ferroadas de Dona Formiga. No final, a solidariedade dos bichinhos, faz com que a formiga perdoe a cigarra e lhe de abrigo nos dias frios, levando-a a confessar sua admiração pelo seu cantar, e a cigarra por sua vez, não deixa de reconhecer os méritos de quem tanto trabalha, chegando a arriscar sua vida, quando se põe a cantar para distrair o gigante que quer acabar com o formigueiro.

PROPOSTA DE DIREÇÃO:
A idéia foi de mostrar uma formiga decisiva e convicta da importância do trabalho, sem no entanto torná-la enfadonha ou má. A caracterização caipira acaba por identificá-la com o trabalhador rural, ressaltando o sentido ecológico do texto, no tocante a disputa do espaço da terra pelos homens e animais. Para a cigarra, seu personagem presta uma homenagem aos artistas em geral, que encantam com sua arte, mas são incompreendidos na maioria das vezes.

FICHA TÉCNICA:

  • Adaptação e direção: Iraci Batista
  • Trilha sonora: Luiz Martins e Clomildo Suete
  • Elenco: Gesilda Mendes, Paula Lobo e Augusto Valente
  • Duração: 50 minutos
  • Faixa etária indicativa: crianças de 02 a 10 anos

 

INFORMAÇÕES

  • Local: Teatro Polytheama – Jundiaí/SP
  • Data: 25 de setembro
  • Horário: 14h30
  • Valores: R$ 40,00 (inteira) / R$ 20,00 (meia entrada) / R$ 15,00 (pacote escolar)

 

*Grupo de alunos com pacote escolar  pagam R$ 15,00 mediante reserva antecipada com a produção.

Dom Casmurro @Teatro Polytheama
set 25@20:00

DOM CASMURRO – TEATRO POLYTHEAMA – 9h30 e 20h00

A Cia Realce traz de volta a Jundiaí a peça que é baseada em um dos maiores sucessos do escritor Machado de Assis: “DOM CASMURRO”.Esta adaptação de Rick Von Dentz, responsável também pela direção, é uma montagem bastante fiel a um dos mais consagrados romances da literatura brasileira. Numa linha dinâmica e objetiva, enfoca com sutileza todos os conflitos da envolvente história de amor de Bentinho e Capitu, ocorrida no Rio de Janeiro no final do século XIX. A Cia realce é a mesma de “Memórias de Um Sargento de Milícias” e “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, ambas peças também com direção de Rick Von Dentz.

Comentários sobre a obra e o autor: Dom Casmurro pode ser considerado como uma análise profunda do ciúme. O protagonista Bentinho é também o narrador, e é ele quem informa ao leitor que Capitu o traía. Mas só se conhece a sua versão, e o adultério da jovem fica pairando no ar, mais uma dúvida machadiana. Na verdade pouco importa se a traição existiu ou se foi imaginação de Bentinho. O importante como dizem alguns estudiosos, é que a vida do herói se modifica profundamente, após a convicção de ter sido traído.

 

FICHA TÉCNICA

  • Adaptação e direção: Rick Von Dentz
  • Elenco: Augusto Valente, Rogério Oliveira, Thaís Carvalho, Lia Campos e Du Kammargo.
  • Produção geral: Iraci Batista

INFORMAÇÕES

  • Data: 25 de Setembro
  • Local: Teatro Polytheama
  • Horários: 9h30 e 20h00
  • Valores: R$ 50,00 (inteira) / R$ 25,00 (meia entrada) / R$ 18,00 (pacote escolar)*

Grupo de alunos com pacote escolar pagam R$ 18,00 mediante reserva antecipada com a produção.

Comments are closed.