Calendar

maio
15
qua
O Pequeno Príncipe @Teatro Polytheama
maio 15@09:30 – 10:30

“O essencial é invisível aos olhos”

Teatro Polytheama / 15 de Maio / 2 horários: 9h30 e 14h30

Baseado no clássico de Saint-Exupéry, o espetáculo narra a história do Pequeno Príncipe, que após alguns desentendimentos com sua flor no asteróide B-612, resolve fazer uma viagem pelo universo pegando carona com uma revoada de pássaros selvagens.

E é no planeta Terra, o sétimo planeta de sua jornada, que ele faz as suas maiores descobertas sobre o amor, a amizade, perdas e aprende com a raposa que “O essencial é invisível aos olhos”.

A Cia Cambaio de São Paulo, com experiência em diversas adaptações como “Alice no País das Maravilhas”, “O Mágico de Oz”, dentre muitas outras peças, fez uma pela adaptação do clássico de Saint Exupery. Se trata de uma das obras literárias mais traduzidas no mundo e é um dos livros mais amados por adultos e crianças.

Release: O Pequeno Príncipe, após alguns desentendimentos com sua

Cada espectador fará sua própria leitura das cenas, a partir de suas próprias experiências e fase da vida.

Rosa, à qual ele dedica praticamente todo seu tempo no asteróide B612, decide sair pelo universo pegando carona com uma revoada de pássaros selvagens, para viver uma grande aventura de auto descobrimento. Ele visita diversos planetas, conhece outras personalidades, como o Rei mandão, o Vaidoso e o Bêbado, personagens estes que o fazem refletir profundamente sobre os comportamentos humanos, a falta de empatia e percepção do outro. Quando ele chega ao planeta Terra, o sétimo de sua jornada, ele conhece o aviado e tornam-se amigos. O aviador, ao conhecer o Pequeno Príncipe, tem um reencontro consigo mesmo, sua criança interior a muito esquecida, que desenhava uma jibóia engolindo um elefante e que nenhum adulto era capaz de decifrar.

Depois de tanto viajar pelo universo, e conhecer a raposa que o ensina o que é cativar, ele decide voltar ao seu asteróide, voltar para sua rosa, mas os pássaros não aparecem mais para levá-lo, até que ele encontra a serpente que, com seu veneno, acaba se tornando o único caminho para voltar ao seu planeta.

Sobre a adaptação: Um espetáculo para todas as idades, onde cada espectador fará sua própria leitura das cenas, a partir de suas próprias experiências e fase da vida. Encantador para crianças pela sua linguagem lúdica, onde bichos e flores falam, brincam e dançam. Para adolescentes, por sua comicidade com personagens caricatos arquetípicos, que nesta adaptação se aproximam da nossa realidade, como por exemplo, o “Vaidoso”, aqui representado como uma “blogueira”. E é claro, para os adultos pelas questões psicológicas escondidas nas entrelinhas da história, sobre as relações humanas e a máxima que “só é possível se conhecer de verdade na presença do outro”. É o outro que nos provoca, nos desafia, nos desperta todo tipo de sentimentos, afinal “cada ser humano é um abismo, e a gente tem vertigens quando se aproxima demais de cada um deles”.

 

Ficha Técnica:

  • Adaptação: Daniel Lellis Siqueira
  • Direção: Priscila Galan
  • Sonoplastia e Iluminação: Jurandir Ribeiro
  • Produção: CIA CAMBAIO
  • Com: Gustavo César, Giovanna Arruda, Lucas Pedroso e Dimas Stecca
  • Faixa etária: A partir de 03 anos (Cada espectador fará sua própria leitura das cenas a partir de suas próprias experiências e fase da vida).
  • Duração: 55 minutos

 

Local:  Teatro Polytheama
Data: 15/05/2019
Horários: 9h30 e 14h30
Valores: R$ 40,00 (inteira) / R$ 20,00 (meia entrada) / R$ 15,00 (pacote escolar)
Informações e reservas: R$ 11 98603-7262 (tim/whatsapp) e 11 99868-1371 (vivo)
Localização do teatro:

 

O Pequeno Príncipe @Teatro Polytheama
maio 15@14:30 – 15:30

“O essencial é invisível aos olhos”

Teatro Polytheama / 15 de Maio / 2 horários: 9h30 e 14h30

Baseado no clássico de Saint-Exupéry, o espetáculo narra a história do Pequeno Príncipe, que após alguns desentendimentos com sua flor no asteróide B-612, resolve fazer uma viagem pelo universo pegando carona com uma revoada de pássaros selvagens.

E é no planeta Terra, o sétimo planeta de sua jornada, que ele faz as suas maiores descobertas sobre o amor, a amizade, perdas e aprende com a raposa que “O essencial é invisível aos olhos”.

A Cia Cambaio de São Paulo, com experiência em diversas adaptações como “Alice no País das Maravilhas”, “O Mágico de Oz”, dentre muitas outras peças, fez uma pela adaptação do clássico de Saint Exupery. Se trata de uma das obras literárias mais traduzidas no mundo e é um dos livros mais amados por adultos e crianças.

Release: O Pequeno Príncipe, após alguns desentendimentos com sua

Cada espectador fará sua própria leitura das cenas, a partir de suas próprias experiências e fase da vida.

Rosa, à qual ele dedica praticamente todo seu tempo no asteróide B612, decide sair pelo universo pegando carona com uma revoada de pássaros selvagens, para viver uma grande aventura de auto descobrimento. Ele visita diversos planetas, conhece outras personalidades, como o Rei mandão, o Vaidoso e o Bêbado, personagens estes que o fazem refletir profundamente sobre os comportamentos humanos, a falta de empatia e percepção do outro. Quando ele chega ao planeta Terra, o sétimo de sua jornada, ele conhece o aviado e tornam-se amigos. O aviador, ao conhecer o Pequeno Príncipe, tem um reencontro consigo mesmo, sua criança interior a muito esquecida, que desenhava uma jibóia engolindo um elefante e que nenhum adulto era capaz de decifrar.

Depois de tanto viajar pelo universo, e conhecer a raposa que o ensina o que é cativar, ele decide voltar ao seu asteróide, voltar para sua rosa, mas os pássaros não aparecem mais para levá-lo, até que ele encontra a serpente que, com seu veneno, acaba se tornando o único caminho para voltar ao seu planeta.

Sobre a adaptação: Um espetáculo para todas as idades, onde cada espectador fará sua própria leitura das cenas, a partir de suas próprias experiências e fase da vida. Encantador para crianças pela sua linguagem lúdica, onde bichos e flores falam, brincam e dançam. Para adolescentes, por sua comicidade com personagens caricatos arquetípicos, que nesta adaptação se aproximam da nossa realidade, como por exemplo, o “Vaidoso”, aqui representado como uma “blogueira”. E é claro, para os adultos pelas questões psicológicas escondidas nas entrelinhas da história, sobre as relações humanas e a máxima que “só é possível se conhecer de verdade na presença do outro”. É o outro que nos provoca, nos desafia, nos desperta todo tipo de sentimentos, afinal “cada ser humano é um abismo, e a gente tem vertigens quando se aproxima demais de cada um deles”.

 

Ficha Técnica:

  • Adaptação: Daniel Lellis Siqueira
  • Direção: Priscila Galan
  • Sonoplastia e Iluminação: Jurandir Ribeiro
  • Produção: CIA CAMBAIO
  • Com: Gustavo César, Giovanna Arruda, Lucas Pedroso e Dimas Stecca
  • Faixa etária: A partir de 03 anos (Cada espectador fará sua própria leitura das cenas a partir de suas próprias experiências e fase da vida).
  • Duração: 55 minutos

 

Local:  Teatro Polytheama
Data: 15/05/2019
Horários: 9h30 e 14h30
Valores: R$ 40,00 (inteira) / R$ 20,00 (meia entrada) / R$ 15,00 (pacote escolar)
Informações e reservas: R$ 11 98603-7262 (tim/whatsapp) e 11 99868-1371 (vivo)
Localização do teatro:

jun
6
qui
A Pílula Falante, a partir da obra de Monteiro Lobato @Teatro Polytheama
jun 6@14:30 – 15:30

Peça a partir da obra “REINAÇÕES DE NARIZINHO” de Monteiro Lobato

Teatro Polytheama / 06 de Junho / horário:  14h30

“A PÍLULA FALANTE” LEVA AS CRIANÇAS AO UNIVERSO DO SÍTIO DO PICAPAU AMARELO E NARRA UM DOS MOMENTOS MARCANTES DA HISTÓRIA DE EMÍLIA, EM QUE A ESPEVITADA BONECA DE PANO COMEÇA A FALAR.

O espetáculo aborda a questão da mudez e da libras (Língua Brasileira de Sinais), ensinando as crianças o respeito as diferenças.

Proposta: A peça aborda de forma descontraída o momento em que a Emília, famoso personagem de Monteiro Lobato, aprende a falar. O espetáculo aborda a questão da mudez e da libras (Língua Brasileira de Sinais), ensinando as crianças o respeito as diferenças: somos todos diferentes e o mundo fica melhor quando as pessoas entendem as outras em suas diferenças. Na peça, temos vários personagens além de Emília: Narizinho, Cuca, dr. Caramujo, e Major Agarra e Não Solta.

Release: Em homenagem a Narizinho, um grande baile está acontecendo no Reino das Águas claras, no Sítio do Picapau Amarelo. Os mais curiosos animais estão dançando a valsa, quando chega a notícia que Emília foi encontrada desmaiada. O problema: a boneca precisa contar o que aconteceu, mas é muda. Logo se torna uma missão para o Dr. Caramujo, que diz poder curá-la com suas pílulas falantes. Porém, as pílulas sumiram. E agora, como desvendar esses mistérios? Será que o desmaio da Emília tem relação com o sumiço das pílulas? E a mudez precisa realmente de cura? Aliás, a língua falada é a única que comunica? Um espetáculo divertido, cheio de mistério e descobertas e que faz pensar as diversas formas de se comunicar e se fazer entender.

Ficha Técnica:

– Elenco: Shanny Segade, Maggie Abreu e Luana Tonetti
– Técnico Som e Luz: Rafael Fernandes
– Confecção de Bonecos: Lucas Pedroso
– Adaptação e Direção: Rodrigo Ximarelli
– Baseado no texto de Monteiro Lobato “Reinações de Narizinho”
– Duração: 50 minutos
– Faixa indicativa: a partir de 02 anos até 6° série

 

Informações:

–Local:  Teatro Polytheama
–Data: 06/06/2019
–Horários: 14h30
–Valores: R$ 40,00 (inteira) / R$ 20,00 (meia entrada) / R$ 15,00 (pacote escolar)
–Informações e reservas: R$ 11 98603-7262 (tim/whatsapp) e 11 99868-1371 (vivo)
–Localização do teatro:

 

jun
12
qua
O Mágico de Oz @Teatro Polytheama
jun 12@09:30 – 10:30

Teatro Polytheama / 12 de Junho / 2 horários: 9h30 e 14h30

Respeito, igualdade e união, tudo isso no formato “Uma Janela Para o Infinito” que é um estímulo à leitura, onde os atores e personagens saem de dentro de um livro gigante, as páginas são o cenário e todos os personagens possuem composições originais e divertidas. Um formato completamente Original e Divertido que encanta jovens e adultos!

 

Release: Doroty, Leão, Homem de Lata e Espantalho, vão juntos, através da estrada de tijolos amarelos até a cidade das Esmeraldas. Lá eles encontram o grande Mágico de Oz e fazem pedidos para suas necessidades. O que eles não contavam é que o grande Mágico de Oz, não era tão grande assim. A história clássica todos já conhecem, assim como diversas abordagens cênicas e didáticas e seguindo uma nova abordagem – muito mais cômica e dinâmica – a CIA CAMBAIO inovou e compôs uma versão lúdica e atual. Com bonecos e cenários extras, que alteram a ótica de percepção do espectador, além de uma maneira lúdica e inteligente de abordar temas atuais e de indelével valor social: respeito, igualdade e união.

Os Personagens: Doroty é uma menina curiosa e valente, acompanhada de seu cachorrinho Totó. Leão Medroso, na verdade gosta de ser chamado de Leonina e assim quebrar paradigmas de maneira sutil e despojada. O Homem de Lata é sentimental e caridoso. O Espantalho é um trabalhador honesto com salário e FGTS, que é triste por não ter um cérebro. Cada um deles possui um solo próprio, de composições originais da CIA CAMBAIO e muito além do comum, que vai da valsa até música eletrônica. Com bonecos e cenários extras, que alteram a ótica de percepção do espectador, além de uma maneira lúdica e inteligente de abordar temas atuais e de indelével valor social.

Ficha técnica:

  • Texto: Daniel Lellis Siqueira
  • Direção: Priscila Galan
  • Produção: CIA CAMBAIO
  • Com: Mônica Bonna, Du Kammargo, Daniel Lellis Siqueira e Priscila Galan
  • Classificação: Livre
  • Faixa Etária indicativa: a partir de 03 anos

–Local:  Teatro Polytheama
–Data: 12/06/2019
–Horários: 9h30 e 14h30
–Valores: R$ 40,00 (inteira) / R$ 20,00 (meia entrada) / R$ 15,00 (pacote escolar)
–Informações e reservas: R$ 11 98603-7262 (tim/whatsapp) e 11 99868-1371 (vivo)
–Localização do teatro:

 

O Mágico de Oz @Teatro Polytheama
jun 12@14:30 – 15:30

Teatro Polytheama / 12 de Junho / 2 horários: 9h30 e 14h30

Respeito, igualdade e união, tudo isso no formato “Uma Janela Para o Infinito” que é um estímulo à leitura, onde os atores e personagens saem de dentro de um livro gigante, as páginas são o cenário e todos os personagens possuem composições originais e divertidas. Um formato completamente Original e Divertido que encanta jovens e adultos!

 

Release: Doroty, Leão, Homem de Lata e Espantalho, vão juntos, através da estrada de tijolos amarelos até a cidade das Esmeraldas. Lá eles encontram o grande Mágico de Oz e fazem pedidos para suas necessidades. O que eles não contavam é que o grande Mágico de Oz, não era tão grande assim. A história clássica todos já conhecem, assim como diversas abordagens cênicas e didáticas e seguindo uma nova abordagem – muito mais cômica e dinâmica – a CIA CAMBAIO inovou e compôs uma versão lúdica e atual. Com bonecos e cenários extras, que alteram a ótica de percepção do espectador, além de uma maneira lúdica e inteligente de abordar temas atuais e de indelével valor social: respeito, igualdade e união.

Os Personagens: Doroty é uma menina curiosa e valente, acompanhada de seu cachorrinho Totó. Leão Medroso, na verdade gosta de ser chamado de Leonina e assim quebrar paradigmas de maneira sutil e despojada. O Homem de Lata é sentimental e caridoso. O Espantalho é um trabalhador honesto com salário e FGTS, que é triste por não ter um cérebro. Cada um deles possui um solo próprio, de composições originais da CIA CAMBAIO e muito além do comum, que vai da valsa até música eletrônica. Com bonecos e cenários extras, que alteram a ótica de percepção do espectador, além de uma maneira lúdica e inteligente de abordar temas atuais e de indelével valor social.

Ficha técnica:

  • Texto: Daniel Lellis Siqueira
  • Direção: Priscila Galan
  • Produção: CIA CAMBAIO
  • Com: Mônica Bonna, Du Kammargo, Daniel Lellis Siqueira e Priscila Galan
  • Classificação: Livre
  • Faixa Etária indicativa: a partir de 03 anos

–Local:  Teatro Polytheama
–Data: 12/06/2019
–Horários: 9h30 e 14h30
–Valores: R$ 40,00 (inteira) / R$ 20,00 (meia entrada) / R$ 15,00 (pacote escolar)
–Informações e reservas: R$ 11 98603-7262 (tim/whatsapp) e 11 99868-1371 (vivo)
–Localização do teatro:

 

Comments are closed.