• Destaques

    Nesse semestre uma das produções mais esperadas do Projeto Escola: "A Bela e a Fera".
    Datas em breve!
    Apresentações em Jundiaí e Itatiba!
    previous arrow
    next arrow
    Shadow
    Slider
  • Agenda completa 2019: Calendário

A Relíquia

Quando:
10/04/2019@20:00 – 21:15
2019-04-10T20:00:00-03:00
2019-04-10T21:15:00-03:00
Onde:
Teatro Polytheama
R. Barão de Jundiaí
176 - Centro, Jundiaí - SP
13201-010
Custo
Valores: R$ 50,00 (inteira) / R$ 25,00 (meia entrada) / R$ 18,00 (pacote escolar)
Contato:
11 98603-7262

O livro A Relíquia é leitura FUVEST 2020

Rick Von Dentz, mesmo diretor de Memórias Póstumas de Brás Cubas e Dom Casmurro, adaptou para os palcos do teatro mais um grande clássico literário:  “A Relíquia”. Eça de Queiroz certamente é uma tendência em grandes vestibulares, sendo o autor um dos grandes escritores do realismo da literatura portuguesa. Grande questionador dos valores provincianos e imperiais da Lisboa imperialista.

Sobre a peça:   Encenada com toques de humor, a trama se desenvolve ao redor do conflito latente entre duas personalidades . A primeira, a poderosa Dona Maria do Patrocínio, também chamada Dona Patrocínio das Neves, Tia Patrocínio ou simplesmente Titi. Excessiva na riqueza e na entrega aos ritos religiosos, chega a ser, nas linhas de Eça de Queiroz, uma caricatura das devotas católicas das coisas da igreja. Do outro lado, seu sobrinho Teodorico Raposo, o Raposão, narrador de suas próprias aventuras,órfão logo cedo, entregue aos cuidados da tia, em Lisboa.

Release: Teodorico Raposo é o narrador, que se apresenta ao leitor explicando o desejo de explicar suas memórias, mostrando a vida nua e crua de um Português do século 19. Teodorico tem múltiplas facetas, tendo um lado devasso que é o lado contemporâneo do português do seculo 19 e o lado beato. Neto de um padre, perde a mãe muito cedo e é criado pelo pai. Logo morre o pai e Teodoro aos 7 anos é criado por  dona Patrocínio da Neves, tia Titi. Dona Patrocínio é uma mulher muito rica, severa e beata e doa grande parte de seu dinheiro para a igreja. Teodorico se deslumbra com o oratório maravilhoso de Tia Titi  e percebe rapidamente que tem que obedecer as regras religiosas da tia Titi. Aos 9 anos Teodorico vai para o internato e conhece Crispim, personagem importante na obra que será grande amigo de Teodorico. Quando adulto seu caráter é modelado tendo duas facetas: igreja e festas. Vai para Coimbra estudar direito mesclando estudo e muita farra.Teodorico pouco estuda e acaba se tornando um blefador da lei. Nas férias volta para agradar a tia Titi, sendo um servo de sua tia já de olho na herança. É quando conhece Adélia, seu grande amor. Tia Titi não pode saber, pois sua ideia para Teodoro é que ele viva como beato, sendo exclusivamente um servo de Deus. Ao voltar definitivamente a Lisboa, Teodoro percebe que será necessário ter um comportamento moral radicalizado, pois visando a herança de sua tia ele tem que ir a igreja frequentemente, rezar, ter um suposto comportamento se tornando um grande beato. Com toda dedicação a Deus, Adélia se cansa e termina com Teodorico. Ao se sentir extremamente desiludido e infeliz,  sua tia Titi o convence a ir a Palestina, a Terra Santa. Antes de ir ele promete trazer a tia uma Relíquia (o que remete ao título da obra). Em Alexandria se apaixona por uma inglesa Mary e tem um caso ardente com ela. Mary deixa um presente pra ele como lembrança. Ao seguir a terra Santa não gosta do local achando o local tedioso.

Ficha Técnica:

– Autoria: Eça de Queiroz
– Adaptação e direção: Rick Von Dentz
– Elenco: Du Kamargo, Jéssica Landin e Alex Moreira
– Duração: 70 minutos
– Classificação etária indicativa: a partir de 13 anos

 

  • Local:  Teatro Polytheama
  • Data: 10/04/2019
  • Horários: 9h30 e 20h00
  • Valores: R$ 50,00 (inteira) / R$ 25,00 (meia entrada) / R$ 18,00 (pacote escolar)
  • Informações e reservas: R$ 11 98603-7262 (tim/whatsapp) e 11 99868-1371 (vivo)
  • Localização do Teatro: